Um novo jeito de navegar pelas ruas do Google Maps

terça-feira, março 31, 2015 3/31/2015 05:53:00 PM


Ao longo dos anos, nós atualizamos o Google Maps para torná-la mais preciso, abrangente e útil.

Desde as imagens da cafeteria que fica no caminho pro Taj Mahal até a navegação passo-a-passo que te ajuda a chegar a um primeiro encontro na hora marcada... Trabalhamos duro para fornecer às pessoas a melhor experiência possível do mundo que está ao seu redor. Hoje, nós estamos introduzindo nossa atualização, ainda mais ambiciosa: o PAC-Maps.


Com informações sobre o local desejado e o auxílio do Street View, é mais fácil do que nunca saber para onde você está indo. Mas nunca houve nada que te ajudasse a saber para onde NÃO ir. Com esta atualização, nós adicionamos imagens de perigosas criaturas virtuais, chamadas de Pinky, Blinky, Inky e Clyde.

Ao navegar pelas ruas cheias de frutas, decida num piscar de olhos quais você deve evitar para fugir dos fantasmas e chegar com segurança a seu ponto de encontro. Se você estiver sentindo um pouco de fome, pode engolir algumas pastilhas ou cerejas e continuar mastigando. Utilizando as setas de direcionamento, o PAC-Maps torna a navegação tão simples quanto esquerda, direita, para cima ou para baixo.


Experimente todos os benefícios do #PACMaps para desktop e nas versões mais atualizadas do Google Maps para Android e IOS. Este é apenas o começo. Portanto, fique atento para mais diversão no Mapas, como alertas de incidentes zumbis e Street View intergalácticos. Ah, e não se esqueça de verificar o que os nossos amigos da Ingress estão fazendo. Parece que o PAC-Man devorou o caminho até o mundo real!

Postado por Michelle Luo, gerente de produto do Google

Google abre inscrições para o Desafio de Marketing Online 2015

segunda-feira, março 23, 2015 3/23/2015 12:10:00 PM


Estão abertas as inscrições para a edição 2015 do Desafio Google de Marketing Online. Realizada pelo oitavo ano consecutivo, a competição é voltada para estudantes do ensino superior do mundo todo e fornece US$ 250 em anúncios do Google para todas as equipes inscritas.

Para participar, equipes de três a seis pessoas, com a supervisão de um professor, devem desenvolver e executar uma campanha publicitária on-line para uma empresa ou ONG usando o Google AdWords e o Google+.

Um grupo de funcionários do Google e um painel independente de acadêmicos selecionarão os vencedores de acordo com o sucesso de suas campanhas. Além da experiência, os alunos também concorrem a uma viagem de sete dias para São Francisco, incluindo um dia na sede do Google em Mountain View, Califórnia; dispositivos digitais para todos os vencedores globais e regionais em todas as categorias; visitas a escritórios locais do Google para os vencedores regionais e doações no valor total de US$ 15.000 para as ONGs.


Para a polonesa Agnieszka Żdanuk, membro do grupo vencedor na edição do ano passado, participar do Desafio foi um caminho importante para o crescimento fundamental. “O Desafio é super tradicional em nossa universidade, pois muito grupos já venceram, então percebemos que poderia nos abrir novas portas. Queríamos provar que através do pensamento criativo e precisão podíamos criar boas campanhas e alcançar um resultado excelente”, diz.


Os estudantes que desejam participar precisam de um professor para tutorá-los e as inscrições devem ser feitas até os dias 8 de abril (professores) e 22 de abril (estudantes). Informações, regras e inscrições podem ser feitas através do site do Desafio.

Postado por Daniel Borges, gerente de atração de jovens talentos do Google para a América Latina

Criando uma experiência melhor para o usuário no Google Play

terça-feira, março 17, 2015 3/17/2015 11:24:00 AM



Seja para acompanhar seus exercícios, mapear as estrelas à noite ou construir uma nova realidade e batalhar pela dominação do mundo, o Google Play oferece aos desenvolvedores uma plataforma para criar jogos e aplicativos envolventes e construir negócios de sucesso. A chave para isso é oferecer uma experiência positiva para os usuários ao pesquisarem aplicativos e jogos no Google Play. Hoje, estamos anunciando duas atualizações que melhoram a experiência dos desenvolvedores e usuários.

Um sistema global de classificação do conteúdo baseado nos padrões da indústria
Hoje, estamos introduzindo um novo sistema de classificação do conteúdo por faixa etária para aplicativos e jogos no Google Play. Sabemos que pessoas de países diferentes têm ideias diferentes sobre qual tipo de conteúdo é adequado para crianças, adolescentes e adultos. Portanto, o anúncio de hoje ajudará os desenvolvedores a indicarem seus aplicativos para o público adequado. Em linha com as práticas recomendadas pela indústria, esta mudança traz aos desenvolvedores uma maneira simples de usar sistemas de classificação que já são conhecidos pelos usuários de cada país, melhorando a descoberta e engajamento com os aplicativos ao deixar que as pessoas escolham o conteúdo mais adequado para elas.

A partir de agora, os desenvolvedores podem preencher um questionário de classificação do conteúdo para que cada um de seus aplicativos e jogos recebam uma classificação que esteja de acordo com as novas diretrizes. O novo sistema do Google Play inclui as classificações oficiais da International Age Rating Coalition (IARC) e seus órgãos participantes, incluindo Entertainment Software Rating Board (ESRB), Pan-European Game Information (PEGI), Australian Classification Board, Unterhaltungssoftware Selbstkontrolle (USK) e Classificação Indicativa (ClassInd), do Ministério da Justiça brasileiro. Territórios que não possuam uma autoridade de classificação exibirão uma classificação genérica baseada na idade. O processo é rápido, automático e gratuito para os desenvolvedores. Nas próximas semanas, consumidores de todo o mundo começarão a ver as novas classificações em seus mercados locais.

Para aderir ao novo sistema, os desenvolvedores devem fazer login no Console do desenvolvedor e preencher o novo questionário de classificação para cada um dos seus aplicativos. Aplicativos sem um questionário preenchido serão marcados como “Sem Classificação” e podem ser bloqueados em certos territórios ou para usuários específicos. A partir de maio, todos os novos aplicativos e atualizações de aplicativos existentes exigirão um questionário preenchido, antes que sejam publicados no Google Play.


Um processo de análise de aplicativo que protege ainda mais os usuários
Há alguns meses, nós começamos a analisar aplicativos antes que fossem publicados no Google Play para proteger a comunidade e melhorar o catálogo. Esta iniciativa envolve uma equipe de especialistas responsável por identificar violações às nossas políticas para desenvolvedores já no início do processo. Nós valorizamos a rápida inovação e atualização já características do Google Play e vamos continuar ajudando os desenvolvedores a inserirem seus produtos no mercado apenas algumas horas após a inscrição, em vez de dias ou semanas. Até o momento, desde que começamos a adotar essa prática, não foram observadas mudanças perceptíveis no tempo de lançamento de um novo aplicativo.

Para ajudar neste processo e oferecer mais transparência aos desenvolvedores, também melhoramos o detalhamento das informações apresentadas no status de publicação. Agora, os desenvolvedores recebem mais dados explicando o motivo da rejeição ou suspensão de seus aplicativos, podendo consertá-los e reenviá-los no caso de violações menores da política.

No último ano, pagamos mais de US$ 7 bilhões aos desenvolvedores e estamos felizes com o crescimento e inovação do ecossistema. Continuaremos criando ferramentas e serviços que promovam este crescimento e ajudem a comunidade de desenvolvedores a criar produtos vencedores.

Postado por Eunice Kim, Gerente de Produto para o Google Play

Mergulhe na natureza de Noronha com o Street View

3/17/2015 07:00:00 AM


Golfinhos, tartarugas marinhas, tubarões, arraias, mergulhões, lagartos. Praias, falésias, trilhas. É difícil descrever sobre o arquipélago de Fernando de Noronha, um lugar tão bonito de... se olhar. É por isso que estamos tão satisfeitos com a notícia de hoje: levamos a tecnologia do Street View a essa região tão querida do nosso país e, agora, temos a alegria de dividir as imagens que foram coletadas em 12 dias de expedição pelo parque nacional.

E, como não dava para falar em fazer um mapa de Noronha sem falar de toda aquela água azul, trouxemos ao Brasil, pela primeira vez, os mergulhadores do australiano Caitlin Seaview Survey, um projeto especializado em monitorar corais marinhos. O resultado é um lindíssimo conjunto de imagens panorâmicas que revela a usuários de qualquer lugar do mundo as paisagens famosas e os cantinhos remotos de um dos mais bem preservados ecossistemas do Brasil.


Nossas câmeras captaram até os famosos golfinhos rotadores, espécie que vive na região e é famosa pelas acrobacias que faz na superfície da água.


Nade ao lado dos mergulhadores da Catlin Seaview Survey e…. de uma tartaruga marinha!


Nas coletas em terra, a nossa principal ferramenta foi o Trekker, uma mochila equipada com uma supercâmera de 15 lentes. Com ela nas costas, nossos operadores mapearam quilômetros de trilhas --seja por sobre as quentíssimas areais pernambucanas, seja em meio à mata selvagem. Já para percorrer as vias urbanas, demos um “jeitinho” e nos adaptamos ao meio de transporte mais noronhense de todos: o buggy.

Para conferir, dê uma passada, por exemplo, pela Cacimba do Padre, famoso ponto de surfe, e ela baía dos Porcos, conhecida pela espetacular vista do morro Dois Irmãos.


Conheça também o Atol das Rocas, um lugar que, de tão raro, tornou-se a primeira reserva marinha brasileira e que, de tão frágil, só admite a entrada de cientistas autorizados.


De hoje em diante, esses dois tesouros estão à disposição daquele explorador que existe em cada um de nós. Confira aqui uma galeria de destaques.

Tá esperando o quê? Mergulhe aí!

Postado por Tomás Nora, engenheiro do Street View e aspirante a surfista

CHAPPIE: das telas de cinema para o seu vídeo do YouTube

segunda-feira, março 16, 2015 3/16/2015 12:10:00 PM


O YouTube Space recebe um ilustre convidado: o robô CHAPPIE, que estrela o novo filme do diretor Neill Blomkamp. Essa história estreia na telona só no próximo mês, mas já vem para o YouTube a partir de hoje, com a construção de um cenário inspirado no filme dentro do YouTube Space no Instituto Criar, com direito a elementos de ação, escombros, latões de lixo em chamas e até uma carcaça de Fusca.

Criadores do YouTube poderão produzir seus vídeos neste cenário incrível com modernos equipamentos de audiovisual, graças à parceria inédita do YouTube Space com a Sony Pictures. O cenário estará disponível de 16 de março a 16 de abril para que os criadores do YouTube utilizem gratuitamente. Se interessou? Faça sua inscrição aqui.

Chappie1.jpg
Foto do cenário (Créditos: André Velozo)

E é bom caprichar na produção. Além de ficarem disponíveis no site do YouTube Space São Paulo e nos canais dos criadores no YouTube, os vídeos serão avaliados e os três melhores serão submetido ao diretor Neill Blomkamp. O criador do vídeo favorito do diretor vai receber um vídeo exclusivo gravado pelo próprio Blomkamp com comentários sobre o material.


Preparados? Luz, câmera, ação!

Postado por Alvaro Paes de Barros, Diretor de Conteúdo do YouTube, que recentemente assistiu ao trailer do filme CHAPPIE

Uma nova forma de ver e compartilhar o mundo com vídeos em 360 graus

sexta-feira, março 13, 2015 3/13/2015 03:30:00 PM


Você compartilha vídeos incríveis com os seus fãs a cada segundo, mas e se você pudesse compartilhar ainda mais nos seus vídeos, como por exemplo, a experiência completa da filmagem por todos os ângulos?

Seus espectadores poderiam ver tanto o palco, como o público do seu show; o céu e o chão enquanto você pratica paraquedismo; ou você poderia produzir um vídeo em que as pessoas escolhem qual aventura querem vivenciar, com diferentes histórias em cada ângulo. Só você sabe o que é possível. Por isso, hoje começamos a dar suporte ao envio de vídeos em 360 graus no YouTube, para continuar oferecendo os melhores recursos para você se conectar com seus espectadores.


As pessoas podem assistir aos seus vídeos no aplicativo do YouTube para Android, e, ao mover o telefone ou tablet, verão todos os diferentes ângulos do vídeo. O mesmo pode ser feito no youtube.com.br ou em vídeos embedados, usando o mouse para escolher o seu ângulo preferido. Estamos trabalhando para trazer este recurso ao iPhone, iPad e outros dispositivos em breve.

Criando e compartilhando vídeos em 360 graus no YouTube

Para facilitar a criação e o envio de vídeos em 360 graus no YouTube, trabalhamos com empresas de todo o setor. A Bublcam, 360cam da Giroptic, Allie da IC Real Tech, SP360 da Kodak e RICOH THETA são câmeras 360 graus compatíveis com o YouTube, que já estão disponíveis ou virão em breve. Você também pode encontrar mais informações técnicas sobre o formato do vídeo, assim como um script para inserir os metadados corretamente em seu arquivo. Nós estamos trabalhando para que isso seja automático, mas, por enquanto, esse guia vai garantir que seus vídeos estejam no formato 360 graus no YouTube.

O que você pode fazer, agora que tem todos os ângulos possíveis ao seu alcance?

Postado por Sanjeev Verma, Gerente de Produto, que recentemente assistiu a Anitta e Neto Lx - Gordinho Gostoso - 360º - YouTube Carnaval 2015

Vocês estão mudando o mundo e queremos ajudar

terça-feira, março 10, 2015 3/10/2015 05:12:00 PM


Acreditamos que a tecnologia é uma poderosa aliada para lidar com alguns dos desafios mais difíceis que enfrentamos hoje. Isto é especialmente verdadeiro para as organizações sem fins lucrativos que estão tentando mudar o mundo e torná-lo um lugar melhor. Por isso, no ano passado, lançamos o Desafio de Impacto Social Brasil, que doou 7 milhões de reais a dez projetos que usam a tecnologia para solucionar problemas locais. Hoje, estamos muito felizes em anunciar o lançamento do programa Google para organizações sem fins lucrativos no Brasil, em parceria com a TechSoup Global e a TechSoup Brasil.


Este programa oferece acesso gratuito a diversas ferramentas do Google que ajudarão a aumentar o impacto da sua organização. Você pode se inscrever aqui e, caso sua entidade seja aprovada, ela terá US$ 10.000 por mês de crédito para gastar em publicidade com Google AdGrants para atingir mais doadores e voluntários e acesso gratuito ao Google Apps para cortar despesas de TI e operar com mais eficiência, além de recursos premium para o YouTube

Todos os dias, vemos o impacto da Web nas organizações sem fins lucrativos, transformando a maneira como elas trabalham e interagem com a sociedade. Colaboradores da Worldfund usam a conectividade do Hangout e as ferramentas de edição em nuvem do Google Doc para economizar tempo e poder se concentrar em sua missão principal: dar treinamento a professores latino-americanos, tornando-os melhores educadores. A Médicos Sem Fronteiras usa o Google Ad Grants para promover sua causa na página de pesquisa do Google - os anúncios são responsáveis por 80% dos novos visitantes do site da ONG.

A maneira como as organizações sem fins lucrativos estão transformando nossa realidade é uma grande inspiração para nós. Com este novo programa, queremos ajudar as instituições brasileiras a serem mais conectadas e colaborativas para que possam se concentrar ainda mais em tornar o mundo um lugar melhor!


Postado por Fabio Coelho, presidente do Google Brasil

Chegou o Google Agenda para iPhone (já estava na hora!)

3/10/2015 03:47:00 PM

Hoje nós apresentamos o novo Google Agenda para iPhone. 


Assim como na versão para Android, estarão lá os seguintes recursos:

- Eventos do Gmail: o app transforma seus e-mails em eventos automaticamente
- Assistente: o Google Agenda faz sugestões para você poupar tempo criando eventos
- Programação: deixa seu calendário super fácil de visualizar

O Google Agenda para iPhone pode se integrar com todos os outros calendários já instalados no seu telefone.
Você também deve ter percebido que, recentemente, fizemos várias melhorias no Google Agenda para Android, incluindo uma função que te deixa controlar se os aniversários do Google+ serão exibidos.

É hora de passar menos tempo administrando e mais, aproveitando.

Postado por Robin Zueger, gerente de produto

Se você pudesse voltar no tempo, que conselhos daria a si mesma? #QueridaEuMesma

quinta-feira, março 05, 2015 3/05/2015 11:17:00 AM


Você se lembra de quando era adolescente? Às vezes era difícil, especialmente sendo uma garota: as fofocas; o bullying; a insegurança. Para muitas de nós, o caminho para descobrir a verdadeira identidade foi repleto de dúvidas, incertezas e pressão de todos os lados. 

Mas e se você pudesse dar conselhos hoje a você mesma de ontem? Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, estamos incentivando que todas vocês enviem um vídeo ao YouTube, conversando com você mesma quando era mais nova. Tudo começa com três palavras: #QueridaEuMesma


Se você está preocupada com seu corpo (Laci Green), com medo de ter medo (Grace Helbig), questionando quem você é (Hannah Hart), deixando de seguir estereótipos (Issa Rae), ou aprendendo a ficar à vontade sendo esquisita e maravilhosa (Superwoman), você pode compartilhar suas experiências e ajudar uma nova geração de garotas nessa jornada.

Participe deste movimento subindo um vídeo no YouTube endereçado a você mesma quando mais nova e entre nessa conversa com #QueridaEuMesma. Uma série de YouTubers já criou seus vídeos no YouTube Space no Instituto Criar e convidamos você a participar.


O YouTube é um lugar onde as pessoas podem ser unir, compartilhar interesses, contar suas experiências e dar apoio umas às outras. Desde #ItGetsBetter a #ProudtoPlay, estamos vendo nossa comunidade inspirar e fortalecer quem precisa de incentivos. Hoje, estamos pedindo para você fazer o mesmo para que garotas não precisem enfrentar seus problemas sozinhas.

Tudo começa apenas três palavras.

Cathy Tang, Gerente de Marketing do YouTube, recentemente assistiu Girls & Body Image, da Common Sense Media